QUÃO SEGURO É SEU CÉREBRO CONTRA O ESQUECIMENTO E COMO SOLUCIONAR ISSO COM OS MAPAS MENTAIS

Tempo de leitura: 8 minutos

Quem é que numa conversa qualquer, no trabalho, na escola ou durante alguma apresentação nunca teve um lapso de memóriaOu ouviu uma explicação diversas vezes, mas não entendeu nada? Conheça a técnica de mapa mental e nunca mais se esqueça de nada do que aprendeu!

E quando você precisa rever um conceito que aprendeu em um livro que faz pouco tempo que acabou de ler, mas não se lembra de praticamente nada?

Você relê o livro novamente para achar a informação e quando precisa dela novamente ocorre o mesmo…

Pois é.

Isso acontece com muitas pessoas. Você sabe o assunto de cor e salteado, porém na hora de começar a apresentar ou contá-lo para os ouvintes, dá aquele branco!

Também existem outras que realmente tem muita dificuldade de aprendizagem.

E agora? O que fazer?

MAPA MENTAL: UMA PODEROSA FERRAMENTA QUE VAI FACILITAR SEUS ESTUDOS

Existe uma ferramenta tão simples, mas tão eficaz e intuitiva que pode otimizar o seu processo de aprendizagem.

Ela pode mudar sua maneira de lidar e armazenar as informações.

Muitos estudantes e concurseiros estão utilizando-a já que precisam lidar diariamente com excesso de dados.

Essa ferramenta é uma forte estimuladora da memória e concentração – ela se chama mapa mental.

Você sabe o que é e como fazer mapas mentais?

Então siga com a leitura deste artigo até o final e descubra como fazer mapas mentais e aumentar de forma rápida e simples seu processo de aprendizagem – o guia completo.

Confira!

MAPAS MENTAIS – O QUE SÃO?

Mapa mental é uma técnica para criação de diagramas hierarquizados de informações nos quais você pode facilmente identificar relação entre seus dados.

Com eles, além de desenvolver esses diagramas, você pode também criar mapas com subcategorias e incluir assuntos e termos importantes de maneira abreviada e sucinta.

O mapa mental é uma ferramenta simples de anotação que possui um poder incrível de armazenamento de informação, síntese e facilidade de aprendizagem e memorização.

Pode-se dizer que o mapa mental é uma opção criativa e diferente de fazer anotações onde o assunto gira em torno de um tema principal que te ajuda a aumentar o conhecimento.

O CRIADOR DOS MAPAS MENTAIS

A técnica foi inventada pelo inglês Tony Buzan, considerado o maior nome em memória pela revista New Yorker, que desenvolveu um sistema revolucionário de planejamento e de registro de informações que já transformou a vida de milhões de pessoas em todo o mundo.

O que o motivou a desenvolver os mapas mentais foi compreender porque alguns alunos tinham mais dificuldade para aprender do que outros.

Ele conseguiu identificar que alguns de seus colegas que eram os melhores alunos não eram assim considerados porque se esforçavam nos estudos e nem os mais esforçados eram os melhores alunos da turma.

Buzan buscou informações sobre o assunto em diversos livros, mas não encontrou respostas.

Ele mesmo pesquisou e descobriu na prática que os melhores alunos quando estudam utilizam alguns desenhos, esquemas, palavras soltas e diagramas para gravar na memória as notas da aula.

Interessante. Não é mesmo?

E hoje você pode utilizar essa mesma técnica para aumentar de forma rápida e simples seu processo de aprendizagem.

 

MAPAS MENTAIS – PORQUE VOCÊ DEVE UTILIZÁ-LO

A grande vantagem que você ganha fazendo mapas mentais é aumentar o conhecimento.

É interessante que você considere os mapas mentais como o guia completo que te ajudará a compreender qualquer assunto de forma objetiva e rápida.

O uso de mapas mentais tem diversos benefícios em relação aos métodos tradicionais de armazenamento ou anotações de informações.

Conheça alguns:

  • Facilita a lembrança e memorização;
  • Agilidade no resgate e registro de informações;
  • Melhor aprendizado;
  • Sua estrutura permite que você o atualize de forma fácil e rápida;
  • Despertam maior interesse; e
  • As relações entre conteúdos ficam fáceis de assimilar.

Outro ponto interessante é que você pode aplicar a técnica do mapa mental para objetivos pessoais (estudo, tarefas, resumo e redação de textos) e profissionais (reuniões, planejamento, apresentações, palestras, e sessões de brainstorming).

Está gostando desse artigo? Então cadastre seu email abaixo para se juntar a vários leitores inteligentes do Memória Boa e receber novos conteúdos.

FIQUE ATUALIZADO!

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

COMO FAZER MAPAS MENTAIS E AUMENTAR DE FORMA RÁPIDA E SIMPLES SEU PROCESSO DE APRENDIZAGEM

Para que você possa criar mapas mentais excelentes é preciso que conheça as cinco regras básicas, sendo:

  • Abreviações;
  • Letras grandes;
  • Desenhos;
  • Cores diferentes; e
  • Informações partindo do centro para as extremidades.

Agora veja o porquê de cada uma dessas regras:

  • Abreviações

Abreviações nesse caso significa que você não deve carregar de informações o seu mapa mental.

Você pode criar 5 mapas mentais abordando um assunto com no máximo 6 tópicos.

Um mapa mental bem feito leva em torno de 25 segundos para ser revisado.

  • Letras grandes

Evite escrever os mapas mentais com letras miúdas. Colocando letras grandes fica mais fácil você observar os conteúdos e memorizar as informações.

  • Desenhos

Esse é um detalhe importantíssimo que não podem faltar nos mapas mentais. Essa regra funciona mesmo e não precisa que você seja um desenhista.

Os desenhos nos mapas mentais servem como “gatilho” para você se lembrar do tópico facilmente.

  • Cores diferentes

Outro detalhe essencial nos mapas mentais é o uso de cores diferentes. Coloque cores diferenciadas para destacar o máximo possível de informações para você conseguir localizar os pontos mais importantes.

  • Informações partindo do centro para as extremidades

Escreva o tema central do assunto que você vai estudar no meio do papel dentro de um círculo.

Identifique categorias ou subtópicos para esse assunto.

Escrevas os subtópicos em sentido horário.

Para cada categoria é possível que você adicione novos “filhos” mais específicos.

Vá avançando até perceber que o nível de informações que você escreveu já é o suficiente.

Entendeu?

Então, escreva o seu mapa mental em sentido horário, mantenha os assuntos mais específicos nas folhas e os mais genéricos perto da raiz, e utilize a menor quantidade de palavras possíveis.

E lembre-se de usar letras grandes, desenhos e cores diferentes.

Organize seus mapas mentais e deixe-os em uma pasta. É importante que coloque cabeçalho em todos com o conteúdo abordado e a data.

Coloque sua criatividade fazendo com que o conteúdo fique da forma mais clara e objetiva possível, não existe necessariamente um padrão fixo a ser seguido, um bom exemplo disso é o site pela manha que tem uns mapas mentais bem criativos e que muitas vezes não tem nem palavras, apenas desenhos, mas que mesmo assim a mensagem a ser passada fica muito clara. Veja abaixo um dos mapas mentais que eu achei mais interessantes.

Você tem a total liberdade para fazer o mapa da forma mais tradicional, com papel, canetas coloridas e usar suas habilidades ao máximo, ou então você pode fazer igual mim, que particularmente prefiro fazer direto no computador e após utilizar vários programas de criação de mapas, com certeza na minha avaliação o mindmeister é de longe o melhor, mais prático e que me gera os melhores resultados.

Portanto, agora que você sabe como fazer mapas mentais e aumentar de forma rápida e simples seu processo de aprendizagem, já pode começar colocar tudo em prática e testar todas as regras.

Recomendo a leitura do livro “Mapas Mentais e Sua Elaboração”  do Tony Buzan para você iniciar a mudança da forma de aprendizagem, memorização e assimilação de conteúdos aprendidos.


FERRAMENTAS

Mind Meister (https://www.mindmeister.com/?r=313012) é o software de mapa mental que utilizo para conseguir resumir até um livro em uma página através do uso de palavras/imagens chaves que me possibilitam literalmente utilizar aquela frase: “uma imagem vale mais que mil palavras”.

Mapas Mentais e Sua Elaboração (http://amzn.to/2a2oI0t) – Livro oficial onde é ensinada toda a teoria e prática para a criação de mapas mentais eficientes, foi escrito pelo o criador dos mapas mentais.

Pela Manhã (http://pelamanha.com.br/category/imagem/mapa-mental/) – Site com vários mapas mentais criativos e diferenciados citado no post.


Se esse artigo ajudou você, por favor, compartilhe-o com seus amigos. Desse modo, todos saímos ganhando.

Aproveite também para se inscrever em nossa lista de email e seja o primeiro a receber novos artigos como esse.

Basta colocar seu email abaixo e confirmá-lo depois!