COMO SE TORNAR UM MESTRE EM MEMORIZAÇÃO

Tempo de leitura: 14 minutos

Aprendendo com vídeos é uma série de posts em que traremos para vocês vídeos de experts nas áreas de: aprendizagem, memorização e produtividade, pois este é um material de altíssima qualidade para você que deseja aprender de forma acelerada e com eficiência. A grande maioria dos vídeos virão do YouTube, assim como forma de retribuir aos criadores dos vídeos incríveis que vamos usar, pedimos que você sempre dê o seu “Gostei” no vídeo (ao clicar para reproduzir o vídeo você verá a opção “gostei” no próprio vídeo)

Como se tornar um mestre em memorização

E se eu lhe dissesse que em um mês a partir de agora você vai ser capaz de memorizar um pacote de
0:19
cartas só de olhar uma vez e você será capaz de fazer isso em menos de cinco
0:28
minutos com um pouco de treinamento e se eu te dissesse que esse é todo
0:35
conhecimento que você precisa para fundamentalmente entender como sua memória e seu
0:40
cérebro funcionam e esse conhecimento vai te ajudar na sua vida cotidiana quando
0:46
você tem que lembrar os nomes das pessoas e informações importantes
0:50
memorizar e depois apresentar no trabalho ou se você é um estudante
0:57
que quer “fechar” a prova. E se eu dissesse para você que também
1:04
esse conhecimento implementado nas escolas mudaria a forma de vermos o sistema
1:08
escolar, não só na Suécia, mas também em todo mundo. Meu nome é Idriz Zogaj e eu sou
1:19
um atleta da memória, não foi um tipo de superstar… Antes da idade de 25
1:28
Eu não sabia nada que sei hoje e o que é intteressante nessa idade de 25
1:33
é que é nessa idade que seu cérebro se torna completamente maduro, que significa você é
1:39
um adulto e antes disso eu não sabia nada …
1:46
Eu também concluí a faculdade e eu pensava que o que acontece agora, o que
1:51
farei agora na minha vida? Eu sempre me interessei muito em viagens e
1:57
e em conhecer outras pessoas de outras culturas, mas isso requer comunicação, então eu estava
2:04
pensando, Ok, Gosto de desafios e gosto de me comunicar com as pessoas então eu vou
2:09
aprender uma língua e uma nova língua completamente diferente
2:13
do que eu já sei,eu conheço o alfabeto em latin, mas eu quero aprender algo
2:18
que eu não entenda quando eu olho para ele, como árabe ou chinês, japonês
2:23
mesmo hindi passou pela minha mente, então quando eu estava olhando os cursos que poderia fazer em casa
2:30
porque estava cansado da vida universidade. Eu acidentalmente encontrei um livro
2:36
sobre memória, então eu pensei: Eu quero aprender essa nova língua do jeito que crianças aprendem,
2:42
praticando e indo para algum lugar, conversando com as pessoas, e nesse sentido
2:46
aprendendo a língua. Eu meio que não gosto de gramática no meu jeito de burlar
2:52
os estudos da gramática, então eu pensei, se eu vou fazer desse jeito eu vou
3:00
me preparar, então vou colocar um monte de palavras e frases na memória e vou
3:04
para aquele país, ou aquela parte do mundo, e esse livro de memória era excelente
3:09
porque não comecar a lê-lo e ver o que acontece? então eu comprei o livro e comecei a lê-lo e
3:16
me dei conta que tudo se trata
3:19
aparentemente em técnicas de pensar do jeito certo e não era tão difícil , eu estava bem seleto
3:27
com a língua que eu queria aprender, então eu estava lendo o livro
3:30
fazendo alguns exercícios e anos se passaram e eu não encontrei a língua
3:37
exata, mas, no meio tempo eu estava fazendo exercícios e me gradualmente me tornando
3:43
melhor e a coisa interessante sobre isso é que no final dos
3:47
capítulos o escritor falou você pode competir em memória, então eu pensei
3:55
eles tem competições em memória? Esse cara Dominica Ryan tinha acabado de ganhar
4:01
a competição mundial pela sexta vez, então ele sabia que estava falando
4:04
mas, competir em memória?então eu estava olhando nos níveis que ele sujeriu
4:09
para você competir, então me dei conta que durante o treinamento eu ja tinha alcançado muitos desses
4:15
níveis, então eu comecei a pensar que eu poderia focar um pouco mais
4:20
foi quando eu comecei a treinar com cartas, e um desses níveis era em memorizar
4:24
em menos de 5 minutos
4:26
e em 2004eu me senti pronto com a idade de 27 anos eu fui para a competição mundial em
4:37
Manchester, eu pensei, por que não ir para a competição? eu acabei me classificando em 22° lugar no
4:44
mundo e também me tornei o primeiro na Suécia em memória. Um título que eu segurei por 5 anos consecutivos
4:51
então quando eu voltei meus amigos olhavam para mim diferente, eles perguntavam: quando
5:02
você se tornou esse homem da memória? como assim? você acabou de ir na competição mundial?
5:09
e competiu? – sim sim, mas eu só li algumas técnicas e adaptei elas, -você fez isso?
5:19
e nao me sinto diferente, quero dizer que sou o mesmo, -ah mesmo?, mas o que você faz na
5:26
competição mundial? Nós competimos em memória como
5:32
toda competição tem 10 disciplinas que pode ser números pode ser dígitos binários
5:38
10 1100 1101 muito engraçado
5:46
podem ser palavras, nomes e faces de pessoas, podem ser datas históricas. Você sabia
5:55
que o recorde mundial de memorização de datas é o mesmo, ou
6:01
até mais ainda que todos os dias que você aprende durante todo o seu tempo na escola, incluindo ensino médio
6:05
e esse cara memoriza tudo em menos de 5 minutos
6:08
imagine, 12 anos comprimidos em 5 minutos. Eu vou mostrar como eles pegam uma carta de
6:18
um baralho misturado … então eles dão para mim
6:23
e enquanto eles conversam eu dou uma olhada no baralho e ele perguntam: quando vai começar? – na verdade ja terminei, pegue uma carta
6:34
divida o baralho onde quiser
6:38
então esse é o 9 de ouro, o que vem depois do 9 de ouro? – o que você quer dizer?
6:43
qual a carta que vem depois de 9ouro? anh… 2 de paus, certo? e depois?
6:52
10 de copas, e depois do 10 de copas? vem duas vezes 5
7:00
um é ouro outro é copas
7:04
ok , mas como você faz isso? acho que será mais fácil se eu mostrar para você um exercício
7:18
olhe para essas imagens, você vê alguma conexão entre elas? te darei uma dica: não tem conexão alguma, são imagens
7:28
aleatórias, mas aqui esta o que você tem que fazer quero que você faça histórias engraçadas
7:34
animações vivas, use todos seus sentidos aqui, veja como parece como se sente para conectar
7:41
essas duas imagens juntas. e faça isso em 3D, mesmo que você não tenha os óculos
7:47
seu cérebro é incrível, pode fazer isso de qualquer forma
7:50
então projete isso em 3d. Te darei alguns segundos para isso
7:59
assim é como eu vejo, imagino uma audiência como essa e estamos sentados e tem um grande caracol
8:04
olhe, uma grande caracol e tem uma porta nela e esta escrito: bem vindo
8:10
você abre a porta, nunca esteve lá dentro de um caracol, e você entra e diz:
8:12
nossa esta nojento aqui dentro, quem fez isso? olhe para essas 2 imagens… faça o mesmo, faça uma história
8:27
umas escadas começas a surgir, estão subindo e você vê um flamingo contruindo uma parede de tijolos
8:33
nós tivemos que pular sob ela
8:36
não tem sentido algum, mas, e essas 3? o que você acha? nós todos conhecemos elefante, e eles carregam pesos porque
8:46
são fortes, carregam muito peso.. então você vê uma girafa bem grande e um ski
8:53
e eles estão, uhulll vamos skiar! yeyy!! olhe para o teto
8:59
o último é um pouco obvio não é? porque você vê
9:04
porque um réptil gosta de estar no sol, então você pensa: esse é
9:08
bem obvio, esse eu vou lembrar… ai esta o perigo. porque coisas
9:13
obvias tendemos a esquecer. Eu garanto que alguém que esta nessa sala não consegue
9:18
lembrar o que comeu de café da manhã. Talvez não hoje porque foi atípico
9:22
porque vocês vieram para o TED, comeram tarde. Mas café da manhã é uma coisa comum
9:28
portanto fácil de esquecer
9:29
não esta registrado. Então veja a cobra com grandes óculos de sol, curtindo o
9:36
sol… no telhado … então o que a gente acabou de fazer?
9:45
nós deixamos nosso cérebro se divertir! e quando fizemos isso nós nos focamos na tarefa
9:56
e quando nos focamos na tarefa, nós falamos ao cérebro que isso é importante!
10:01
lembre-se disso!
10:05
então nós reforçamos o poder da memória, e o que é nosso cérebro?
10:14
o cérebro é biologicamente um ajuntado de neurônios, têm 3% do nosso peso total
10:22
e consume 20% de toda a energia consumida e não importa se você esta sentado
10:27
na audiência ou em é aqui falando, o que você esta fazendo é mais ou menos do mesmo nível
10:32
de energia consumida todo o tempo. Então, temos muitos neuronios e eles gostam
10:37
de conectar um ao outro, e eles podem fazer milhares de conexões
10:44
e essa também é a razão de sermos todos únicos. É impossível ter 2 cérebros idênticos
10:51
então somos todos únicos. Portanto quanto mais forte são as conexões, mais tempo vamos lembrar a
10:56
informação, então quando fazemos conexões fracas, nós esquecemos
11:05
isso é algo natural, porque o cérebro, se você tem um cérebro normal
11:09
funcionando, o cérebro descarta a informação que não é importante
11:13
mas você pode dizer ao cérebro o que é importante e o que não é
11:15
quanto mais fortes as conexões que você mais por mais tempo você conseguirá lembrá-las
11:24
e de acordo com esse conhecimento eu diria que estudantes estudam de mais, a razão pra isso eu poderia dizer que é
11:36
é porque muitos estudantes hoje não sabem como colocar informações no seu cérebro
11:41
então eles estudam, estudam, estudam, dormem tarde, acordam cedo, cançados
11:47
ao invés de colocar a informação no cérebro no jeito que deve ser posto
11:53
então eles podem descansar, ter tempo para hobbies, para a família
11:59
e fazer um pequena revisão da informação que aprenderam, mas se você não sabe
12:04
se a informação esta lá é porque você não confia no seu cérebro, e se você não confia nele
12:09
você estudará todo o tempo, então vou provar para vocês que o seu cérebro é
12:22
melhor do que você pensa, o exercício que fizemos antes, eu faço com crianças de
12:27
5 anos, mas nós usamos 30 pares, então não se sinta pressionado
12:37
olhe essa imagem
12:38
tem algo faltando, aposto que se cérebro preenche as lacunas, se eu disser: peso
12:51
você diz: —–
12:52
e se eu disser tijolos, vocês dizem: —-
12:57
e se eu disser o óbvio, vocês dizem: — se eu disser porta: —- e ski: —-
13:10
se eu disser: diga-me na ordem certa, que foram dadas, o que você faria? você
13:14
fecharia os olhos
13:15
construiria o primeiro lugar, o segundo, o terceiro, o quarto
13:20
e o telhado é o último, e agora o contrário, inverso, você faz o caminho inverso! é isso que fazemos em
13:26
competições de memória, agora você já memorizou 10 palavras e
13:35
esse é um dos eventos: memorização de palavras, então você pode ir para a competição e competir
13:39
a única diferença é que fazemos mais rápido e mais longas, quero dizer é
13:48
notar que o campeão de memorização de um baralho de cartas
13:54
em só olhar para elas uma vez, demora o mesmo tanto que custa Bolt
14:00
correr 200 metros, pensa nisso quando você ver próxima vez
14:06
as olimpíadas, quando eles correrem você pega um baralho e começa a memorizar e vê quantas você consegue nesse tempo
14:13
eu não sei o recorde de Bolt, mas sei para a memorização de um baralho de cartas
14:20
não sei o tanto que ele treina, mas eu sei que ele não faz nada muito diferente do que
14:25
nós acabamos de fazer, é uma estrutura de conhecimento que ele coloca no seu cérebro e olha para a
14:33
informação uma vez e você sabe, fica lá.
14:43
então tudo se resume em se divertir e deixar o cérebro fazer conexões
14:51
então não haverá limites. Eu tenho uma amiga que me ajuda a organizar
14:56
competições de memória na Suécia todo ano. Se nós tivéssemos uma escala
15:02
aqui nesse tapete e uma pessoa com dificuldade com memória, aqui
15:10
uma pessoa normal, sabe aquelas casas normais onde todos ficam
15:15
aqui ficaria o gênio com sua super memória. Então, quando ela chegou pela primeira vez em 2009
15:23
eu contactei … e pedi para a realização de testes de memória, eu gosto de trabalhar com a ciência
15:31
porque gosto de apresentar o trabalho e comprovar o que estamos fazendo
15:35
porque não há muita pesquisa nessa área. E a pessoa que
15:40
fez essa pesquisa nela, foi o mesmo que inventou essa escala
15:49
e ele disse: temos que refazer a pesquisa, porque ela está bem fora da escala, o que ela é capaz de fazer esta
15:54
fora do estipulado, nós temos que refazer… mas como você fez isso? é mas, você não
16:01
estudou o que fazemos, porque é como se nós inventássemos esportes e de repente
16:08
pessoas estariam correndo e eles correriam tão rápido, mas nós não estamos fazendo
16:14
nada de mais, somente o jeito que
16:17
funciona com o cérebro, como ele gosta de trabalhar, agora as técnicas são bem
16:21
velhas, quero dizer, tudo vieram dos gregos, dos gregos, há alguns
16:29
milhares de anos atrás, nós não inventamos nada, nós só unimos esses treinos
16:35
porque é o treino que faz, e você pode começar seu treino aqui mesmo e agora mesmo!
16:40
e a próxima vez que você ouvir algo que queira lembrar
16:43
faça uma história engraçada e você terá conexões fortes! então, boa prática!

Espero que vocês tenham gostado do vídeo de hoje e da transcrição! Como sempre, não deixem de visitar o vídeo no Youtube e dar o seu “gostei”, pois assim vocês estão ajudando o trabalho dos criadores desses vídeos incríveis! Link para o vídeo no YouTube: https://www.youtube.com/watch?v=9ebJlcZMx3c Abração e bons estudos pra você!