SOBRE

MEMÓRIA BOA. POR QUE VOCÊ MERECE UMA MEMÓRIA À PROVA DE FALHAS

Olá, tudo bem? Meu nome é Walter Ferreira e sou o fundador do Memória Boa e se alguma vez você se perguntou:

  • “É realmente possível memorizar o que é aprendido?”
  • “Porque tenho tanta dificuldade em aprender?”
  • “Como estudar de forma eficaz?”

Ou qualquer outro questionamento sobre aprendizado, otimização de tempo e produtividade…

… Então você está no lugar certo.

UM POUCO DA MINHA HISTÓRIA NESSA JORNADA PARA APRENDER A APRENDER

É isso mesmo, “aprender a aprender”… Parece redundante, mas é assim que eu defino um dos meus grandes objetivos de vida!

Afinal de contas para quem sempre teve dificuldade em aprender o que era necessário para conquistar aprovações, adquirir novas habilidades e para a vida de uma forma geral, esse objetivo me parece bem razoável.

A minha infância foi perfeita em todos os aspectos, mas principalmente na questão do aprendizado e primeiras experiências nesse universo de conhecimento sem fim. Aprendi bem o que foi ensinado e até me destacava em alguns momentos, pontilhava o alfabeto que é uma beleza.. rs

Veio o ensino fundamental e eu continuei indo muito bem, diante de elogios dos professores e tudo mais. Até hoje me lembro quando a professora veio até mim em um ano e me perguntou porque eu ainda estava indo para a escola, sendo que com as minhas notas eu já estava mais do que aprovado, podendo assim entrar de férias antes dos meus coleguinhas de classe.

Uau! Isso me marcou bastante, fiquei até me achando o super aluno naquele que deveria ser o 3º ano do ensino fundamental aproximadamente.

O tempo passou e eu finalmente fui para o tão sonhado ensino médio, onde separava os adolescentes das crianças. Eu achava que estava preparado, que seria apenas mais alguns anos e terminaria aquela saga.

Porém, eu caí do cavalo e caí bonito. Aquela forma tradicional de ensino já não me alcançava, talvez por ser muito teórica, cadê as aulas práticas, os vídeos, os desenhos que eu sempre tinha acesso nos anos anteriores?

E aí começou um martírio sem fim, com as minhas notas despencando a cada bimestre. Fiquei pensando o que estava acontecendo comigo que não conseguia aprender praticamente mais nada.

Aquele quadro negro (na verdade sempre foi verde, pelo menos nas escolas do DF) com aqueles textos e fórmulas intermináveis não faziam nenhum sentido para mim.

E assim ocorreu a minha primeira (e última) reprovação. Que tristeza e decepção minha e da família, eu o único da família a ter uma mancha negra no currículo escolar.

E assim essa dificuldade em aprender persistiu em todo o ensino médio, quão árduo era tirar pelo menos a nota mínima para aprovação: 5.

Meu boletim de conclusão do ensino médio irá comprovar o que estou falando. É claro que eu não tenho orgulho nenhum em estar te mostrando meu histórico escolar com essas notas terríveis, mas é apenas para te mostrar como nem tudo o que parece realmente é. Você vai entender o que estou falando mais pra frente.

histórico escolar

A minha esposa quando viu esse histórico escolar me confessou que provavelmente não estaríamos juntos se ela tivesse visto essas notas vermelhas antes… =( “Que bom que não viu então.”

O COMEÇO DA VIRADA

Finalmente cheguei na tão esperada vida universitária, que sensação boa de independência! Você poder sair a hora que bem entender sem professores olharem de cara feia, ou ameaçarem te levar para a sala do diretor.

Foi nessa época que comecei a trabalhar em um lugar fantástico (Instituto Batucar) onde atividades complementares às da escola eram realizadas, e eu fiquei situado na área de raciocínio e jogos que auxiliavam no desenvolvimento da mente.

Na biblioteca da instituição me deparei com um livro que me chamou bastante atenção logo de cara:

Mapas Mentais e Sua Elaboração, livro esse que abriu minha mente e me fez adotar esse método que me ajuda bastante até hoje nas revisões de conteúdos (leia o post sobre mapas mentais AQUI).

Depois de conhecer aquela forma diferenciada de aprendizagem, eu pesquisei outras formas e fui conhecendo bastante coisa boa e ruim também.

Mas é algo natural você com o tempo saber separar o joio do trigo, e foi isso que eu fiz. Vi o que funcionava para mim e mantive, me aperfeiçoei e utilizo até hoje várias ferramentas que elevaram meu nível de memorização e aprendizado.

Todas as ferramentas que eu utilizei e utilizo estão listadas na seção “ferramentas” aqui do blog. Vale a pena dar uma conferida lá! Talvez nem tudo se aplique a você, mas com certeza alguma coisa você vai tirar de proveito.

Voltando a faculdade tudo começou a melhorar novamente pois era o curso que eu de fato me interessava, e os professores eram mais abertos a novas formas de ensino, formas diferenciadas que traziam uma eficiência em relação ao objetivo proposto.

E assim me formei em TI, mas sempre com um pé na área de educação, pesquisando e testando bastante métodos e  tecnologias de ensino.

E o melhor de tudo é que depois de duas aprovações em concursos públicos eu descobri que não existe mais nada que eu não consiga se realmente tiver motivação, dedicação e principalmente as técnicas certas de estudo.

PROPÓSITO DO MEMÓRIA BOA

Resolvi fundar o Memória Boa para compartilhar tudo o que eu aprendi com muito sacrifício, erros e estudo ao longo destes anos.

O MB nasceu com a ideia de ajudar outras pessoas a “aprender a aprender”!

Mais do que isso, é uma forma de exercer a gratidão por todos aqueles que me ajudaram na minha trajetória.

Uma coisa boa de pesquisar outros métodos de ensino é que naturalmente eu você acaba se tornando um verdadeiro autodidata. Dependendo cada vez menos de alguém em uma sala fechada para te passar conhecimento.

É claro que tem gente que prefere o modelo tradicional de ensino e respeito isso, mas se você quer aprender a pescar o seu próprio peixe, então aproveite os conteúdos do blog e se prepare para a revolução que irá ocorrer na sua mente.

FAÇA PARTE DA FAMÍLIA!

Através dos posts que compartilho com você através do blog, quero provar três pontos principais:

  • Todo mundo pode reeducar a mente e ter benefícios comprovados.
  • Todo mundo pode aprender qualquer coisa que quiser.
  • Todo mundo pode ser altamente produtivo e eficaz.

Tenho certeza que se você estudar com dedicação, foco e as técnicas corretas você conseguirá alcançar grande parte dos seus objetivos.

E eu estou – e estarei – aqui para lhe ajudar neste processo!

Então, vem comigo!

Cadastre seu e-mail abaixo, faça parte da família MB e comece a desenvolver uma memória à prova de falhas!

 

Um forte abraço.

Walter Ferreira.